Fale conosco pelo WhatsApp

Quando procurar um otorrinolaringologista?

Otorrinolaringologista examina ouvido de paciente com instrumento
09jun, 2020

Para cada parte do corpo humano há uma especialidade médica responsável por diagnosticar doenças e conduzir tratamentos de forma adequada. O médico otorrinolaringologista é o profissional que cuida de algumas das principais funções indispensáveis ao ser humano: respiração, audição, fala e equilíbrio.

Mas afinal de contas, você sabe quais as atribuições de um otorrinolaringologista e quando é necessário se consultar com um? Confira a seguir algumas particularidades em relação a essa especialidade médica.

O que faz um otorrinolaringologista?

Um otorrinolaringologista é o médico especializado e capacitado para atender clinicamente o paciente que se queixa de problemas que afetam as áreas do ouvido (oto), nariz (rino) e garganta (laringo). Além disso, o profissional cuida de doenças relacionadas ao equilíbrio e qualidade do sono — como apneia do sono e labirintite, por exemplo.

Além do atendimento clínico, um médico otorrinolaringologista pode ser responsável por procedimentos cirúrgicos necessários nessas regiões. São eles: a septoplastia (cirurgia de desvio de septo), amigdalectomia (remoção das amígdalas), frenulectomia (que corrige a língua presa), uvulopalatofaringoplastia (responsável por tratar disfunções do sono, como apneia do sono e ronco) e adenoidectomia (remoção da adenoide hipertrófica ou “carne esponjosa”, como é popularmente conhecida).

O otorrinolaringologista também pode realizar exames importantes para diagnósticos de alterações variadas. Entre os exames mais comuns realizados por este especialista estão:

  • Nasofibrolaringoscopia;
  • Laringoscopia;
  • Estroboscopia.

É também o otorrinolaringologista que solicitará exames complementares para avaliar o sistema auditivo e do equilíbrio, realizados pelo profissional de fonoaudiologia. São eles:

  • Audiometria vocal e vocal;
  • Impedanciometria;
  • Otoneurológico;
  • Avaliação do processamento auditivo central.

Quais doenças são tratadas pelo otorrino?

As atribuições médicas do otorrinolaringologista são diversas, já que este profissional se responsabiliza por avaliar a respiração, a deglutição, a audição, a voz e a saúde das cordas vocais. Nesse contexto, o otorrinolaringologista trata de doenças como:

  • Sinusites;
  • Rinite;
  • Desvio de septo;
  • Distúrbio do sono — ronco e apneia;
  • Amigdalite;
  • Polipose nasal;
  • Otites;
  • Zumbido nos ouvidos;
  • Epistaxe (sangramento do nariz);
  • Distúrbios da deglutição (como a disfagia, quando há dor ou dificuldade para engolir);
  • Paralisia facial periférica;
  • Câncer de garganta, laringe ou da cavidade oral;
  • Estomatites;
  • Distúrbios do labirinto;
  • Voz rouca;
  • Nódulos, pólipos e cistos nas cordas vocais.

Quando se consultar com um otorrinolaringologista?

Geralmente, o paciente realiza uma consulta com um otorrinolaringologista após a indicação de um clínico geral. Porém, caso esse indivíduo sinta qualquer desconforto nas áreas ligadas ao nariz, garganta, ouvido e equilíbrio, ele pode dirigir-se diretamente ao otorrinolaringologista para realizar uma consulta. A avaliação do especialista é fundamental para o diagnóstico preciso e tratamento adequado.

A maioria das idas ao otorrinolaringologista são de pacientes que se queixam de dores de garganta associadas a inflamações na região, ou problemas que acometem o ouvido. Entretanto, o otorrinolaringologista pode auxiliar no diagnóstico de outros problemas de saúde, já que muitas vezes o paciente pode confundir, por exemplo, um resfriado com sintomas de rinite alérgica.

Com a rapidez e eficiência do diagnóstico, o paciente poderá recorrer aos tratamentos terapêuticos necessários para cuidar da sua doença. Como foi citado, otorrinolaringologista também trata algumas das principais patologias relacionadas ao sono — como é o caso da apneia obstrutiva do sono que, se não for tratada de maneira adequada, pode comprometer significativamente a qualidade de vida do paciente.

Outra importante área que o otorrinolaringologista atua é no tratamento de doenças relacionadas ao equilíbrio. Zumbidos, náuseas e tontura podem ser sinais de distúrbio de labirinto, uma delicada estrutura localizada dentro do ouvido responsável pelo equilíbrio e audição.

Portanto, a avaliação de um otorrinolaringologista é de extrema importância para um diagnóstico eficiente e preciso. Caso você tenha alguma das doenças citadas, ou apresente alguns dos sintomas citados, entre em contato e agende uma consulta com um dos profissionais da Clínica Garrafa.

cta-820x140-garrafa-tratamento-para-desvio-de-septo

Fontes:

Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia;

Clínica Otorrino Garrafa.