Fale conosco pelo WhatsApp

Qual a importância de um Otorrinolaringologista Pediatra?

Otorrinolaringologista pediatra realiza consulta
24out, 2019

O otorrinolaringologista pediatra tem atendimento focado em bebês, crianças e adolescentes. Esse médico tem grande expertise no tratamento de doenças comuns a essa parcela da população como a otite e a amigdalite, por exemplo.

O otorrinolaringologista pediatra colabora ainda na identificação de disfunções relativas à audição e ao desenvolvimento da fala das crianças, sendo o médico capacitado a investigar as causas e iniciar o protocolo de tratamento que melhor atenderá o caso.

Saiba mais a seguir sobre essa vertente da otorrinolaringologia segundo informações cedidas pela Dra. Renata Christofe Garrafa, Otorrinolaringologista Pediátrica da Clínica Garrafa.

Saiba como se formar otorrinolaringologista pediatra

Focar o atendimento em otorrino pediatria requer estudos e especializações. Após 6 anos para adquirir o diploma de medicina,  o médico deve especializar-se em otorrinolaringologia, sendo que esse aperfeiçoamento tem duração de 3 anos.

Ao final, deverá realizar uma prova para adquirir o Título de Especialista em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, ministrada pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia. Uma vez qualificado otorrinolaringologista, o médico já é capacitado para o atendimento de todas as afecções que acometem o ouvido, o nariz e garganta desde crianças a idosos. Porém, para adquirir ainda mais expertise nas doenças que afetam a população infantil, ele pode realizar um “fellowship” em otorrinolaringologia pediátrica.

Este fellowship é uma complementação  de mais 1 ano, em que o otorrino ficará imerso nas patologias pediátricas, realizando atendimentos e cirurgias em bebês, crianças e adolescentes, além de participar de discussões científicas sobre o tema. Ao final, receberá o certificado de otorrinolaringologista pediatra.

Esse profissional da área da saúde terá maior entendimento das patologias que atingem esse público, sendo elas:

  • Otites de repetição;
  • Ronco e apneia em crianças;
  • Quadros de sinusites de repetição;
  • Quadros de Rinite;
  • Distúrbios da fala e da linguagem;
  • Respiração oral.

Importância do otorrino pediatra após o nascimento

O otorrinolaringologista pediatra tem papel fundamental logo nos primeiros dias de vida de um bebê. Esse médico é responsável pela realização do denominado popularmente de teste da orelhinha.

A triagem auditiva neonatal, deve ser feita pelo otorrino ou fonoaudiólogo — profissional esse que atua em conjunto ao otorrino — até três dias após o nascimento do bebê, quando ele ainda estiver na maternidade. Ele é obrigatório e regido em lei, assim como o teste do pezinho.

Caso seja identificada alguma deficiência auditiva, já são iniciados os protocolos de tratamento, justamente para evitar prejuízos no desenvolvimento do bebê.

Otorrinolaringologista pediatra realizando atendimento
Imagem: Shutterstock

Otorrino pediatra e o desenvolvimento da fala

A etapa em que a criança começa a falar é de muita diversão e ansiedade aos pais e tutores. Caso os pais desconfiem que a criança apresenta algum atraso na fala, procurar por um otorrino infantil ou por um foniatra é a melhor iniciativa.

Esse profissional fará uma avaliação completa e solicitará exames de otorrinolaringologia específicos para identificar se existe alguma patologia relacionada à fala.

Assim como as consultas regulares ao pediatra, incluir o otorrino nesses cuidados pode minimizar riscos no desenvolvimento de doenças mais sérias.

Tratamento de doenças comuns as crianças

Infecções nos ouvidos (otites) e na garganta (amigdalite) costumam ser comuns em crianças e adolescentes. As doenças têm maior incidência no inverno, mas podem acometer os pequenos em qualquer estação do ano.

O aconselhamento junto ao otorrinolaringologista pediatra pode evitar o uso inadequado de medicações, além de promover orientações quanto a prevenção dessas afecções. Exemplificando, uma simples otite pode ser a primeira manifestação de um quadro de otite de repetição e, se não identificados os fatores causais, o tratamento pode ser mais complexo e mais lento.

Logo, ao primeiro sinal de que algo não vai bem no nariz, ouvido ou garganta da criança, procure por um otorrinolaringologista que tem experiência no atendimento infantil para conseguir evitar situações mais críticas aos pequenos.

Onde encontrar um otorrino pediatra

Hoje, muitos profissionais se especializam no atendimento ao público infantil. Na Clínica Garrafa, por exemplo, o paciente pode contar com o atendimento da Dra. Renata Christofe Garrafa, Otorrinolaringologista Pediátrica.

No local, além da experiência da profissional, pais ou tutores contam com diversos exames, sendo possível a realização no mesmo dia. Agende uma consulta com a otorrinolaringologista pediatra e garanta mais saúde aos pequenos.

cta-820x140-renata-otorrino-pediatra

Fontes:

Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF);

Clínica Otorrino Garrafa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *