Fale conosco pelo WhatsApp

Existe tratamento para desvio de septo?

Homem sofre com congestionamento nasal e precisa de tratamento para desvio de septo
27jun, 2019

Existe tratamento para desvio de septo e em casos selecionados opta-se pela intervenção cirúrgica. A cirurgia é denominada de septoplastia e pode ser realizada por um otorrinolaringologista capacitado.

Para que seja indicado o tratamento para desvio de septo, o paciente deve consultar-se com um médico otorrinolaringologista que ouvirá toda a queixa relacionada e obstrução nasal, realizará o exame de nasofibrolaringoscopia para complementar o exame físico e, diante desses dados, optará pelo tratamento.

Por meio do exame de nasofibrolaringoscopia é possível identificar onde se localiza e qual o grau do desvio do septo nasal, permitindo inferir como a condição afeta a qualidade de vida do paciente.

Geralmente, pacientes diagnosticados com desvio de septo costumam apresentar os seguintes sintomas:

  • Dificuldade para respirar pelo nariz;
  • Sangramento nasal;
  • Ronco;
  • Dor no rosto (cefaleia rinogênica);
  • Cansaço e fadiga;
  • Congestão nasal recorrente.

No tratamento para desvio de septo, o otorrinolaringologista fará uma análise dos sintomas apresentados pelo paciente — que pode ser alguns ou todos os sintomas mencionados acima e, em casos individualizados, a septoplastia poderá ser indicada.

Como saber se tenho desvio de septo?

O desvio de septo configura-se pela alteração anatômica do septo nasal, parede que divide as duas fossas nasais. O desvio ocorre quando essa parede não está reta, apresenta tortuosidade para um ou ambos os lados, resultando assim, na perda da qualidade respiratória.

Ao analisar externamente o nariz do indivíduo com desvio de septo quase nunca se percebe alterações, uma vez que a condição interfere na parte interna e funcionalidade do nariz e poucas vezes na estética do mesmo.

Para o diagnóstico, o otorrinolaringologista — além da análise clínica e da nasofibrolaringoscopia —, também pode solicitar exames como a tomografia de seios paranasais. Esse exame proporciona maiores detalhes e entendimento da deformidade para indicar da melhor forma como tratar o desvio de septo.

Como é o tratamento cirúrgico para desvio de septo?

A cirurgia denominada de septoplastia é uma forma de tratamento para desvio de septo para casos selecionados. O desvio de septo é uma condição comum que atinge mais de 80% da população, embora nem todos os casos sejam sintomáticos.

O tratamento para desvio de septo através da septoplastia é considerado após discutir com paciente alternativas de tratamento clínico do desvio de septo para a melhora da respiração.

É importante salientar que o tratamento do desvio de septo tem como intuito a correção funcional do nariz, não alterando o aspecto externo do órgão. A metodologia que faz alterações estéticas no nariz é denominada de rinoplastia, e esta pode ser realizada por um otorrinolaringologista com especialização em plástica facial ou cirurgião plástico.

As técnicas — tratamento para desvio de septo e procedimento estético — podem ser feitas de forma combinada, sendo a cirurgia denominada nestes casos de rinosseptoplastia.

Como é feito a correção do desvio de septo?

A correção do desvio do septo nasal é feita removendo-se a parte da cartilagem ou do osso que cause o desvio septal, reconstruindo a deformidade e deixando o septo nasal o mais reto o possível. A cirurgia é realizada com anestesia geral, devendo ser procedida em centro cirúrgico.

O tempo de recuperação após a cirurgia é variável, podendo durar de 10 dias até 1 mês para a cicatrização completa; o tratamento para desvio de septo é coberto pela maioria dos planos de saúde. Entre em contato com a Clínica Garrafa de otorrinolaringologia e verifique a cobertura da septoplastia por um dos convênios parceiros.

cta-820x140-garrafa-tratamento-para-desvio-de-septo

Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico- Facial;
Hospital Paulista de Otorrinolaringologia.